domingo, 18 de novembro de 2007

Aprenda a dizer não...

Um breve conto sobre a negação



“Aprenda a dizer não. Será melhor para você do que aprender latim.”

(Charles Spurgeon)


Ela disse não.
Mesmo querendo dizer sim.
Mesmo sabendo que isto havia sido o motivo das suas crises existenciais e de todas as vezes que ela atacara os chocolates e chorara no ombro das suas amigas.
Ela disse não.
Convicta, com seu melhor ar de quem diz :
– Segura de Si .
Mesmo sabendo que naquele momento ela era pura insegurança. Com as pernas tremendo, as mãos suando, a boca seca mas o olhar firme.
Ela disse não.
Mesmo depois da orquídea e do lugar bacana.
Mesmo sabendo que eram seus favoritos. Nada disso a convencia mais.
Ela disse não.
Olhando nos olhos dele, profundamente, procurando uma brecha, um brilho que lhe dissesse:
– Pode confiar.
Mesmo sabendo que a confiança é como um vaso quebrado, você pode até colar os cacos mas será sempre um vaso quebrado.
Ela disse não.
Mesmo quando ele a beijou e sussurrou ao pé ouvido coisas que ela queria ouvir. E pensou:
– Carência é uma merda mesmo!
Mas resistiu. Não queria viver na incerteza dele lá e ela aqui.
Ela disse não.
Quando ele perguntou:
– Por quê?
Ela disse:
– Porque não.
Já pensando que “Porque não” não era resposta mas sem a mínima vontade de dar explicações.
Ela disse não.
Mesmo quando ele segurou sua mão, com força, sorriu aquele sorriso lindo e disse:
– Vamos tentar?
– Tentar? – Pensou descrente – Cansei de tentativas que só dão em água.
Ela disse não.
E levantou-se, pela primeira vez desde que havia colocado o pé naquele maldito Café, certa do que estava fazendo. O diálogo foi curto, mas decisivo:
- O que aconteceu? – Ele perguntou em tom inquisidor.
- Aprendi a dizer não. - Ela sorriu intimista. Finalmente, havia aprendido a lição.
------------------------------------------------------------------------------------
Poscriptum:

Caros amigos. Saudades imensas. Mais um conto após um longo e necessário tempo. Esperando sempre que gostem, critiquem e comentem. Abraços carinhosos.

------------------------------------------------------------------------------------
Trilha Sonora:

- Raridades do Samba_Zeca Pagodinho e convidados. (Vale a pena ouvir!)

3 comentários:

Adailton Almeida disse...

Como é necessário dentro do nosso processo de crescimento, na tentativa de virar gente, aprender a dizer de forma assertiva a palavra "não". Texto muito bom. Bju!

Imylena disse...

oi passei por aqui, so pra dizer que concordo com o texto a palvra nao é realmente muito linda e faz parte do noso crescimento, adorei seu espaço bjs e fica com Deus!!

Booperfly disse...

Pois é, Cynara, para algumas pessoas é muito difícil dizer não, mas com o tempo ela (e nós todos) aprende que isso é uma questão de sobrevivência!!!
Te desejo uma ótima semana!
Bjos,
Paulinha
http://www.booperfly.blogspot.com