segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Pílulas da Bailarina...





Segunda Chuvosa – E põe chuvosa nisso! – Tão em contraponto ao dia lindo e solar que fez ontem. E falando em dia lindo, a Confraria se reuniu este final de semana, algo como uma convenção das flores para confabular, celebrar a vida e, é claro, escrever! Começamos na casa da Lua, fomos para o Tanga (onde me deliciei com a tal Moussaka, direto do mediterrâneo), voltamos para a casa da Lua e terminamos no domingo na casa da Jazz – churrasco, brahma, sol e D. Dalva! Vá entender!

A Confraria foi uma das muitas boas surpresas que me aconteceram neste segundo semestre que, apesar de quase insano em determinados momentos, tem sido um ‘balaio-de-gato’, de encontros furtivos, imprevistos, felizes e sagazes. Tenho repetido muito isso ultimamente, tanto quanto a frase: Tô gostando disso mais do que deveria... – Mesmo!!!

Além disso, esse fim de semana teve Banca de 'PE' – finalmente – cochilo a tarde, o primeiro convite de formatura da Lica, no envelope, escrito por ela – Para minha Dindinha Cinara e família. Com carinho, Alice – Foto de Beca, caputo e tudo mais. Ela mesma veio me entregar 'em mãos', chorei, confesso! Ah! O Dudu aprendeu a falar 'Titia Cinara', coisa linda! Teve Julitas que vai embora - e a nossa consultoria?! - Mas ela volta, ainda bem, não saberia viver sem! Teve também cinema e um milkshake com gosto de Quiky (Será que era assim que escrevia?) de morango que lembrou infância, um pedido (meio atravessado assumo: Há horas em que a minha ‘delicadeza’ de Bailarina vai para as cucuías) para parar de me 'agradecer' – Não é um favor! Vou porque eu quero, e quero muito! – É isso aí, com todas as letras!

E, como já diria Chico...'E pela a minha lei, a gente era obrigado a ser feliz'. Que bom que não é só direito – Direito eu tenho demais – Que seja dever, dever constitucional. Eu vou! Nem que seja obrigada! Amém.

E mesmo com essa 'segunda-cara-pálida', esse sono de hibernar, essa chuva que não passa para eu poder sair, essa alergia que não melhora e um leve – e típico – mau humor, acho que já me decidi – Será, Lua?! – E o dia?! 'Tá demais, não tá Tia Carol'?! (Com licença da Florisbelinha!)

Enfim... Pra falar de mim, criei as ‘Pílulas’, sempre que tiver vontade elas aparecerão por aqui...Ou não!

Bjks,

-------------------------------------------------------------------


Postscriptum:


Postei hoje cedo, enquanto aguardava a chuva passar para eu ir trabalhar, o dia começou bem apesar da chuva e pra terminar com chave-de-ouro, coisas da Tatá:


- Dinda você não foi à aula?!

- Não amor...Tô cansada.

- Eu tô com febre de novo - Diz ela deitada na cama da Dinha de coberta e tudo mais.

- Ah 'Dona Tábata'...De novo?! Você sabe o que é isso né?!

Ela riu e não se fez de rogada:

- Danoninho Iceeeeeee.


Suspende viu vovó! Até a Boo melhorar!

4 comentários:

Booperfly disse...

Oie...
Gostei das pílulas...no meu blog eu chamo de "drops"...
Chico é tudo!
A maioria das pessoas não gosta de chuva...eu adoro, acredita?
Bjinhos,
Paulinha
http://booperfly.fairy-tales.com.br/

Victor Hugo disse...

Quero overdose!

Falando em regallito, tenho um para ti!

Beijo,

Rico Soares disse...

que legal! no meu 'suspenso temporariamente' blog de cartoons, eu escrevia "minha dose diária de eutanásia" =) eu aprendi a gostar de dias chuvosos tambem - tem seus encantos - as vezes eu fico 'viajando' na chuva... gosto de ver um temporal se aproximando no horizonte, jogo papeis e sacos de supermercado no ar quando o vento está forte, gosto de ver os raios caindo, trovoes estrondosos...

bjo! adoro seu blog!

Anônimo disse...

bom comeco